quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Votos de deputados de MT auxiliam PSD a ser 7º maior partido do Congresso

PUBLICIDADE

Os deputados federais que migraram para o Partido Social Democrático (PSD) receberam cerca de 5,1 milhões de votos na eleição de 2010. Esta votação colocaria a legenda, caso tivesse disputado a eleição passada, como a sétima maior legenda do país. Neste montante estão os votos de dois parlamentares mato-grossenses Homero Pereira e Eliene Lima, que tiveram 112,4 mil e 66,4 mil, respectivamente. Eles foram os únicos titulares que migraram das siglas que se elegeram no passado para a nova legenda.

Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foram publicados, hoje, pelo jornal Folha de São Paulo. É com base nestas informações que o partido quer que o TSE conceda a agremiação mais acesso aos recursos do fundo partidário e também tempo eleitoral. Atualmente, a legenda conta com R$ 18,5 mil de repasse eleitoral, por mês, sendo que este valor, pelo número de políticos, poderia ser de cerca de R$ 1,6 milhão ao mês. Já o tempo de propaganda é de alguns segundos e que também pode ser dilatado.

Tanto o repasse do fundo partidário quando do tempo de TV e rádio é distribuído por meio do número de políticos eleitos em cada sigla. Como o PSD foi criado, fica apenas com os números mínimos. Porém, a direção nacional estuda entrar com uma ação para rever estes dados.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Colíder contrata empresa que organizará projeto para recuperar mais de 100 km de estradas vicinais

A prefeitura realizou procedimento licitatório, ontem, visando a definição...

Governo de MT contratará empresa para elaborar projeto de novo aeroporto no Médio Norte

A secretaria estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra) abriu...
PUBLICIDADE