Política

Vereadores votam hoje projeto da prefeitura que aumenta número de médicos em Sinop

Os vereadores votam hoje em sessão extraordinária, o projeto que altera a lei que dispõe sobre o quadro de cargos e salários da prefeitura de Sinop, estabelece o lotacionograma, regulamenta as atribuições dos cargos, e institui o plano de carreira dos servidores. O objetivo da propositura é aumentar para cinco o quadro de médicos clínicos gerais com residência médica em medicina de família e comunidade. O projeto foi encaminhado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), em regime de urgência.

Atualmente, há quatro médicos nessa especialidade, todos atuando há pouco tempo após aprovação em processo seletivo no último ano. O quantitativo de vagas, conforme o projeto, foi estimado pelo departamento de recursos humanos da prefeitura.

Consta no projeto que a ampliação de uma vaga com uma carga horária de 40 horas, causaria impacto superior a R$ 258 mil com salários, além de R$ 2,2 mil com vale alimentação ainda este ano. Já em 2021, o impacto previsto é de R$ 315 mil, mais R$ 2,7 mil com vale alimentação, este é o mesmo custo estimado para 2022.

O objetivo do aumento no quadro, considerando os aprovados em processo seletivo e agora o possível contratado, é garantir a “continuidade do programa de residência médica em medicina de família e comunidade, visando qualificar a assistência médica na atenção primária à saúde da população”, que “não pode comprometida pela falta de médicos preceptores especialistas qualificados”.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria)