Política

Tráfego em nova ponte de concreto em Peixoto de Azevedo será liberado em 20 dias, prevê prefeito

O prefeito Maurício Ferreira de Souza vistoriou o andamento das obras da ponte de concreto no rio Lambari na estrada municipal E-60. O tráfego de carretas, caminhões e veículos deve ser liberado em 20 dias. A ponte tem 35 metros de extensão em via de mão dupla e está com sua estrutura totalmente concluída. Estão sendo desenvolvidos os serviços complementares de levantamento de aterro, compactação do solo e encabeçamento.

A obra segue os padrões de engenharia do DNIT proporcionando acesso a todo o Vale do Iriri, além dos projetos de Assentamentos Vida Nova I, Vida Nova II, Planalto do Iriri, Antônio Soares, aldeias indígenas e demais comunidades rurais.

“Essa ponte de concreto sacramenta o fim dos problemas quando do escoamento da produção agropecuária, madeireira, mineral, da base florestal e da agricultura familiar. Trata-se de uma infraestrutura durável, segura e confiável para trafegabilidade em todas as épocas do ano. Agradeço imensamente a esses parlamentares por priorizarem Peixoto de Azevedo em suas emendas, contemplando o setor produtivo que gera empregos e fomenta a economia municipal”, disse o prefeito Maurício Ferreira de Souza. Foram alocadas emendas pelo deputado Neri Geller e o senador Carlos Fávaro. Os valores não foram informados.

O prefeito destacou que a região do Vale do Iriri produz atualmente mais de 40 mil hectares de soja e que a estruturação da Estrada E-60 com intervenções de pontes, bueiros tubulares e galerias de concreto é um passo significativo rumo a estadualização e pavimentação asfáltica.

“Aqui reconheço e enalteço a forte parceria com a Associação dos Produtores do Vale do Iriri que também tem respaldado e feito seus pleitos a bancada federal e a Assembleia Legislativa para alocação dos recursos financeiros junto ao Estado e a União”, acrescentou.

Também acompanharam a vistoria das obras de construção da Ponte do Rio Lambari, vereadores, secretários municipais e o subprefeito Jair Labres

Só Notícias (foto: assessoria)