domingo, 19/maio/2024
PUBLICIDADE

TCU interessado em contar com Sistema Geobras do TCE

PUBLICIDADE

O novo secretário de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU) em Mato Grosso, José Ricardo Louzada, e o diretor e auditor, Alexandre Giraux Cavalcanti, se reuniram, ontem, com o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro José Carlos Novelli, e o conselheiro substituto ligado à Presidência, Luiz Carlos Pereira, para conhecer os projetos do tribunal e propor novas parcerias. Os dois tribunais já mantinham um termo de cooperação técnica focado na área no controle externo. "Este ano vamos incrementar essa parceria com dois projetos pilotos de capacitação de gestores e conselheiros municipais, buscando criar a cultura de gestão gerencial com foco em resultados", anunciou o presidente Novelli.

O Sistema Geobras foi um dos principais motivos da visita técnica do representante do TCU, que adiantou sua pretensão em fazer uma apresentação da tecnologia desenvolvida pelo TCE-MT no Encontro de Dirigentes do TCU. O evento será realizado de 7 a 10 de fevereiro, em Brasília(DF). "Queremos mostrar a tecnologia desenvolvida em Mato Grosso para os nossos técnicos e propor a implantação do mesmo sistema no TCU. O TCE de Mato Grosso impressiona pela eficácia nos resultados do Planejamento Estratégico, por isso é nosso interesse colaborar com os novos projetos desta nova gestão", disse.

Criado em 2008, o Geobras é uma ferramenta de acompanhamento georreferenciado da execução de obras públicas desde o processo licitatório até a conclusão das obras. "É uma tecnologia precisa no controle tanto dos gastos públicos como da qualidade das obras. De todas as visitas que recebemos dos tribunais de contas do Brasil e do Exterior, o Geobras é o mais requisitado", disse o presidente.

Louzada também propôs colaborar com o programa Ensino à Distância, um sistema de capacitação para contribuir para a melhoria do desempenho da administração pública e incentivar a adesão dos fiscalizados ao modelo de administração gerencial. "Temos poucos técnicos mas podemos colaborar nas capacitações", finalizou. Para o conselheiro substituto, Luiz Carlos Pereira, "os dois tribunais possuem o mesmo DNA, mas agora pretendemos nos unir mais para trocar experiências e capacitar os gestores", concluiu.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Ex-deputado Carlos Bezerra é internado em UTI

O ex-deputado federal e ex-governador Carlos Bezerra (MDB) está...

PL veta apoio de deputados para pré-candidatos a prefeito de outras siglas

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto,...

STJ nega novo pedido do MP e mantém ação contra Emanuel na Justiça Federal

Foi negado pela Quinta Turma do Superior Tribunal de...
PUBLICIDADE