segunda-feira, 20/maio/2024
PUBLICIDADE

Sorriso: câmara decide agora comissão para investigar vereadores presos

PUBLICIDADE

Iníciou, esta tarde, a sessão extraordinária da Câmara de Sorriso que decidirá abertura  de comissão parlamentar que investigará os vereadores Gerson Frâncio, o “Jaburu” (PSB), Chagas Abrantes (PR) e Roseane Marques Amorim (PR), presos desde sexta-feira, por ordem judicial, em Cuiabá, acusados pelo Ministério Público de cobrarem propina em troca de apoio para o prefeito Chicão Bedin. A comissão que deve ser criada avaliará o processo judicial, a defesa dos vereadores acusados e pode resultar em pedidos de cassação de seus mandatos. Os vereadores estão reunidos há mais de duas horas.

Todos os parlamentares que fazem parte do legislativo sorrisense estão participando. O regimento prevê que a sessão seja a portas fechadas. Antes da sessão, o vereador Paulo da Farmácia (PMDB) afirmou, ao Só Notícias, que espera pela criação da comissão para investigar os colegas de parlamento. Para ele, por mais que não se possa julgar com antecedência, os fatos apontam falta grave de decorro.

Já o vereador e líder do prefeito, Maximino Vanzella (DEM), ressaltou que a comissão deve ser criada e a “câmara está prevaricando com a demora em acatar o pedido de criação da comissão para investigar os três vereadores”.

Conforme Só Notícias já informou, ontem, o corregedor da câmara sorrisense, Leocir Faccio (PDT), anunciou, na sessão ordinária, que protocolou pedido abrir processo e formação de comissão parlamentar que vai apurar se houve quebra de decoro parlamentar por parte dos vereadores.

Chagas Abrantes pediu licença, ontem, por 30 dias e o suplente Marcelo Lincoln da Silva assumiu. Jaburu pediu licença por 60 dias e o suplente ainda será convocado para ocupar sua vaga.

(Atualizado às 17h20)

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Ex-deputado Carlos Bezerra é internado em UTI

O ex-deputado federal e ex-governador Carlos Bezerra (MDB) está...

PL veta apoio de deputados para pré-candidatos a prefeito de outras siglas

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto,...
PUBLICIDADE