quinta-feira, 23/maio/2024
PUBLICIDADE

Sinop: secretário admite dívida de R$ 37 milhões mas há garantias; deputado acusa “má gestão”

PUBLICIDADE

O secretário municipal de Finanças e Orçamento de Sinop, Silvano Amaral, admitiu em entrevista coletiva, agora há pouco, que “a prefeitura passou devendo R$ 37 milhões” referindo-se as pendências financeiras do ano passado cujos fornecedores esperam receber este ano. Mas explicou que, deste montante, pouco mais de R$ 9 milhões foram processados e que há garantia para quitação do restante, com recursos que serão repassados pela União, ao longo do ano, resultantes de convênios firmados. “R$ 25 milhões não foram processados. Foi só feito empenho, que é uma questão mais contábil do que financeira”, disse, acrescentando que “a maioria dele [valor devido], quase R$ 22 milhões, já está prevista para repasse financeiro do governo federal”. O secretário previu que o valor vai ser pago conforme andamento das obras.

Com a garantia dos repasses federais, Silvano disse que o orçamento deste ano “não fica comprometido. Então, quando a gente observa que já existe um orçamento já empenhado, já comprometido para o exercício de 2012, nos temos a garantia também que o governo federal está garantindo recursos financeiros”, relatou, apontando os convênios firmados nas áreas de infraestrutura, saúde e educação.

Em relação as dívidas decorrentes de receitas próprias, somam mais de R$ 2,4 milhões, porém, cerca de R$ 2,070 milhões já foram quitados. “A sociedade pode ficar tranquila. A prefeitura anda muito bem de saúde financeira. O cidadão pode ficar tranquilo, que graças da Deus Sinop tem um povo ordeiro, trabalhador. Temos um dos menores índices de inadimplência do IPTU”.

Silvano também alfinetou o deputado federal Nilson Leitão (PSDB), que apontou o montante das dívidas da prefeitura. Citou que ele “colocou em xeque a saúde financeira da prefeitura, e nós temos a obrigação de fazer e esclarecer à sociedade que a prefeitura anda bem, os recursos estão em andamento”.

“Não tenho dúvidas, tenho certeza disso”, disse, ao ser questionado se as críticas do deputado estariam relacionadas ao fato de ser ano eleitoral, tendo em vista que Nilson é adversário político do prefeito Juarez Costa (PMDB). “Infelizmente nós passamos por essa situação. É uma situação de cunho eleitoreiro que acaba virando umas questões pessoais, misturando com as questões institucionais do município. Isso é lamentável, é grave, porque está passando da esfera institucional”, concluiu.

Outro lado
O deputado Nilson Leitão rebateu o secretário Silvano Amaral. “Não sou candidato a prefeito. Minha crítica não é politico eleitoral. Minha preocupação é que o município de Sinop arrecada, em média, R$ 14 milhões por mês e, que, quando deixei o mandato em 2008 havia cerca de R$ 5 milhões na conta, com vários contratos de obras apenas para a atual administração dar continuidade. Minha preocupação é que, nestes 3 anos da atual administração, não tem uma escola nova construída, nenhum posto novo construído e nem uma creche nova ou praça. Também não fizeram 10% do asfalto que o prefeito prometeu na campanha e nenhuma obra de vulto que justifique tamanha dívida. Deveria é estar sobrando muito dinheiro em caixa”, afirmou. “É claro que existe desiquilíbrio financeiro. E não é o primeiro ano. Vem ocorrendo de 2009 apra 2010 e 2010 para ano passado. Não justifica esse desiquilíbrio porque não tem nenhuma obra de vulto. Há  má gestão. É só andar nas ruas e ver a quantia de fornecedores que tem para receber ou ficou meses sem receber. A própria prefeitura admitiu que não colocou iluminação de natal por falta de recursos. Se a prefeitura está com a situação financeira boa, por que não existe obras a não ser pintura de prédios ?”, questionou. “Não vou debater com o secretário, mas a câmara municipal e o Ministério Público tem obrigação de verificar esse desiquilíbrio financeiro”, afirmou. “Minha parte estou fazendo, fiscalizando e levando emendas com verbas para obras em Sinop”, concluiu.

(Atualizada às 18:51h)

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Prefeito e vice inauguram 2ª etapa de escola integral em Nova Mutum

O prefeito Leandro Félix e o vice Alcindo Uggeri...

Governo do Estado planeja dobrar número de pontes de concreto

O governo de Mato Grosso pode dobrar, em oito...

Sinop: câmara atualiza datas das sessões até julho

A câmara municipal de Sinop informou que, conforme calendário...
PUBLICIDADE