quinta-feira, 30/maio/2024
PUBLICIDADE

Sinop: mais R$ 3 milhões serão investidos para estruturação do hospital

PUBLICIDADE

O prefeito Juarez Costa e o secretário Municipal de Saúde de Sinop, Mauri Rodrigues de Lima, anunciaram, há instantes,  em entrevista coletiva, que precisarão ser investidos ao menos mais de R$ 3 milhões, para estruturação do prédio do hospital municipal, cedido ao Estado, para ser tornar uma unidade regional. O investimento deverá ser feito pelo Estado, depois do processo de escolha da Organização Social da Saúde (OSS) que administrará a unidade. O aviso de chamada pública foi publicado, hoje, no Diário Oficial.

Mauri apontou que dentre as ações que precisarão ser feitas, está a implantação do “grupo gerador, o elevador, ampliação de salas”. Falou também no aumento das Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), “local para colocar o mamógrafo, o raio-x. Haverá na verdade, uma grande transformação na estrutura física daquele prédio”, afirmou. A aquisição de equipamentos, para os quais já estão disponíveis R$ 8 milhões, deverá acontecer simultâneamente.

Diante de todas essas necessidades para colocar a unidade hospitalar em funcionamento, Mauri disse que após a escolha da entidade, “o prefeito vai pedir para que que a OS que venha ganhar essa licitação, juntamente com seus fornecedores, acelerar, para que possamos entregar o mais breve possível o hospital de Sinop”. A expectativa do titular da pasta, é para que isso ocorra até junho. A previsão do governo, conforme Só Notícias já informou, é para agosto.

Rodrigues reafirmou que o hospital funcionará, tendo por anexo o Pronto Atendimento, da avenida das Itaúbas. “É um assunto consolidado. Estado já acampou o PA, prédio, a estrutura. Formará uma nova equipe, terá novos equipamentos e obviamente que toda a equipe de servidores, que é o mais importante, o maior ganho da secretaria, estarão a disposição em outras unidades da rede, fazendo com que a população possa ser atendida melhor”.

O prefeito Juarez Costa (PMDB) falou que com a cessão do hospital ao Estado, a administração municipal se exime de bancar os R$ 40 milhões anuais previstos para o funcionamento, valor que segundo ele, os cofres públicos não teriam condições. O que condioportuniza investimentos em outros setores da Saúde. “Porque nós pagamos a despesa de mais de 30 municípios […] com dinheiro de Sinop. E agora, estamos repartindo esta despesa, um dinheiro que Sinop não tinha, que era obrigado tirar de outras áreas. O Estado assumindo o hospital regional nos dará uma folga para melhorar a saúde de Sinop”

O prédio do hospital, entregue em 2008, foi projetado, inicialmente para 74 leitos, com dez Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) para adultos e outras dez para UTIs pediátricas. A previsão de atendimento do governo estadual, é de 445 internações mensais.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Nova Mutum: investimentos em saúde chegam a 30% da arrecadação municipal

O investimento de recursos municipais na saúde foi de...

Guarantã investe R$ 444 mil na compra de mais uma ambulância

A prefeitura de Guarantã do Norte (230 quilômetros de...

Potencial do setor florestal de Mato Grosso é divulgado em feira na França

A comitiva mato-grossense que representa 523 indústrias associadas ao...
PUBLICIDADE