domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

Silval decide criar PAC para saúde e segurança

PUBLICIDADE

O governador Silval Barbosa informou, na primeira reunião de secretariado, que fará um governo voltado para o desenvolvimento do Estado como foi o governo Blairo Maggi. Ele pediu rigor absoluto na execução orçamentária de cada órgão, equilíbrio fiscal e que gastem somente aquilo que se arrecadar e que está dentro do planejamento para executar.

"É um ano de fechamento de contas, que precisamos ter o controle interno muito bem apurado e avançarmos somente com recursos em caixa. Nada que não esteja planejado ou que não haja recurso em caixa poderá ser realizado", argumentou o secretário-chefe da Casa Civil, Eder de Moraes Dias. Equilíbrio fiscal é uma determinação que existe desde o primeiro mandato do governo Maggi que, segundo Eder, "será seguido à risca também no mandato do governador Silval Barbosa".

Silval Barbosa pediu ainda aos secretários que elenquem todas as prioridades e gargalos dos órgãos para que na segunda-feira (04) trabalhem numa solução efetiva de todos estes problemas. "Não é fácil, são muitos problemas que o Estado têm, de uma maneira geral, em função de ser uma máquina grande, mas não podemos deixar com que retraia, tem que seguir a todo vapor e assim será: um governo para frente, ousado e transparente", assinalou o secretário.

Também na segunda-feira, o governador realiza reuniões específicas com a Saúde e Segurança Pública. Conforme Eder Moraes adiantou, o Estado criará uma espécie de PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Saúde e PAC da Segurança Pública para medidas estruturais e imediatas de forma que a população possa sentir os efeitos do serviço, que o atendimento chegue na ponta.

O governo buscará com o PAC da Saúde diminuir as filas, fazer um atendimento imediato à população por meio de mutirões e ainda com gabinetes itinerantes pelos bairros de Cuiabá e também no interior do Estado. Para a Segurança, comentou o secretário da Casa Civil, será feito um planejamento das ações imediatas de combate a criminalidade e violência pelo Comando Geral da Polícia Militar e Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp/MT).

"Dar celeridade, pró-atividade e fazer com que isso aconteça de imediato e que a população tenha uma sensação ainda maior de segurança", conclui Eder Moraes que falou dos investimentos de bilhões na Saúde e Segurança Pública, o que mostra que o Governo é comprometido com essas áreas. "O que precisamos mais é nos comunicar com a população, mostrar aquilo que está sendo feito", completou.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE