Política

Sessão da Câmara de Sinop é transferida e presidente avalia que encontro com governador foi proveitoso

A 35ª sessão ordinária da câmara municipal que aconteceria hoje à tarde foi transferida para a próxima sexta-feira (25), às 14 h. A mudança havia sido definida porque vereadores iriam a Cuiabá para uma audiência, no Palácio Paiaguás, com o governador Mauro Mendes. Mas ele esteve em Sinop na última sexta-feira a tarde e se reuniu com vereadores.  O presidente do legislativo, Remídio Kuntz, destacou que decidiu manter a sessão adiada pois “alguns vereadores já tinham outros compromissos”.

Ele expôs que o encontro com governador foi para reivindicar obras e ações como melhorias na estrutura do Instituto Médico Legal (IML) para melhorar a estrutura física da unidade. Também foi reivindicada reforma na sede da Ciretran. “Ambos os locais são precários. No IML chega a chover dentro por conta das goteiras. Na Cireran, solicitamos até mesmo a possível construção de um novo prédio”, disse o presidente, ao Só Notícias.

Questões relacionadas a saúde e melhorias no Hospital Regional de Sinop também foram debatidas. “Focamos em pedir mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal, para atender a pediatria e alcançar um atendimento mais efetivo”, emendou. Na segurança pública “requeremos mais viaturas, equipamentos e até mesmo mais delegados e investigadores”, acrescentou.

As lideranças de Sinop também expuseram demandas na Educação como a construção de mais escolas. “Anualmente o município gasta R$ 8 milhões para transportar alunos que moram mais distantes, por falta de unidades escolares. Um exemplo é o Residencial Nico Baracat que vai contar com 1500 famílias e não tem nada perto para atender a população”, expôs.

Ainda conforme Remídio, Sinop tem a necessidade da construção de “no mínimo oito outras escolas. Alguns bairros que necessitam são Vila Juliana, Mariana, Bom Jardim, Novo Jardim e Comunidade Vitoria”. O presidente concluiu informando que o governador respondeu “que passaria as pautas aos respectivos secretários e estaria analisando todos os casos. A conversa foi muito boa”, completou.

Só Notícias (foto: Só Notícias/Guilherme Araujo)