Política

SEMA poderá optar pelo fim do prazo de validade dos planos de manejo em Mato Grosso

O deputado Dilceu Dal’Bosco reuniu-se ontem, em Cuiabá, na Secretaria Estadual de Meio Ambiente, com o superintendente de gestão florestal, Raul de Oliveira. Acompanhado de engenheiros florestais e madeireiros de Sinop, ele sugeriu que
a secretaria inclua no Projeto de Desmatamento, que vai para a Assembléia Legislativa (para ser votado em plenário), na semana que vem, o fim do prazo de validade para o plano de manejo e o desmatamento, deixando livre para o proprietário da área executar, quando achar conveniente.

“A partir disso o proprietário fica com mais liberdade e o meio ambiente ganha com
o prazo. Um exemplo é se o cidadão não quiser abrir a área depois da autorização, não precisa. Coisa que ele não pode fazer hoje”, disse Dilceu, através da assessoria.
O superintendente concordou com a idéia do deputado e disse que vai incluir no projeto.

Os planos de manejo sustentável são obrigatórios para as madeireiras extraíram toras das florestas e serem beneficiaas nas indústrias. Atualmente, a liberação é feita pelo Ibama mas a atriuição deve passar, a partir do mês que vem, para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente.