Política

Rosana Martinelli confirma repasse de R$ 3,6 milhões para entidades em Sinop

A prefeitura de Sinop assegurou o repasse de mais de R$ 3,6 milhões em recursos a entidades diversas e em atuação no município. A liberação ocorre mediante termos de fomento celebrados entre as partes e que só no acumulado de janeiro até a última segunda-feira, beneficiou 16 entidades que atuam nos eixos social, de educação, idosos, dependentes químicos, entre outros. Estimativa é que até julho o município formalize mais de R$ 1,4 milhão em termos de fomento, mediante aprovação. Desta forma, só neste ano o executivo municipal deve assegurar mais de R$ 5 milhões em parcerias.

Para prefeita Rosana Martinelli, o saldo do primeiro é positivo. “A prefeitura, por meio destas parcerias com as entidades, auxilia muitas instituições na execução de seus planos de trabalho. São entidades que ajudam e prestam um grande serviço à sociedade com a realização de serviços a públicos diversos e que, sem este apoio pelas instituições, o poder público sozinho não conseguiria dar conta. Estamos fortalecendo nossas parcerias”, declarou.

Na lista de entidades cujos termos já foram formalizados neste primeiro trimestre encontram-se a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae-Sinop), Conselho da Comunidade, Centro Social Menino Jesus, Centro Espírita Maria de Nazaré, Associação Comunitária de Orientacão e Aprendizagem ao Adolescente de Sinop (Acoas), Lar Vicentino, Centro de Apoio e Reabilitação de Toxicômano e Alcoolistas (Cartas), Associação dos Deficientes Visuais e Amigos de Sinop (Adevas), Senhoras Rotarianas, Centro de Acolhimento e Proteção ao Adolescente de Sinop (Caopa), Associação dos Aposentados, Associação Protetora dos Animais de Sinop (Apams)e Conselho Comunitário de Segurança (Conseg).

Em fase de formalização ou recebimento de planos de trabalho para apreciação pelo município estão Lar dos Idosos Madre Vanini, Ondas, Rede Feminina de Combate ao Câncer de Sinop (Refecs), Ebenezer, Associação dos Surdos e Mudos e Hospital Veterinário da UFMT.

Para solicitar apoio do município para a implementação de projetos ou outras ações as instituições devem estar, primeiramente, com toda documentação em dia. Além disso, possuírem cadastro nos conselhos municipais em cujas grandes áreas atuam (Educação, Saúde e Assistência Social). A partir do recebimento dos planos de trabalho é que a prefeitura de Sinop dá início às avaliações. “As formalizações podem ocorrer durante o ano todo, mas de acordo com a disponibilidade de recursos do município”, ponderou Martinelli, por meio da assessoria.

Toda instituição que recebe os recursos deve realizar a prestação de contas posterior.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)