Política

PSDB tem ex-secretário estadual como pré-candidato a prefeito de Cuiabá

O diretório municipal do PSDB em Cuiabá definiu ontem à noite que o empresário Luiz Carlos Nigro será o candidato tucano à prefeitura da capital em 2020. A pré-candidatura foi anunciada ao lado dos deputados estaduais Wilson Santos e Carlos Avallone, além do vereador e presidente do diretório, Ricardo Saad, e do presidente do diretório estadual, Paulo Borges.

“Estamos firmes nesta pré-candidatura e com certeza vamos trabalhar muito para poder alinhar, junto com o partido, o crescimento, novamente do PSDB, como grande partido que é e que sempre foi no Brasil e, principalmente, no estado de Mato Grosso e Cuiabá. Vamos trabalhar juntos para capitanearmos novos candidatos a vereador e que possamos somar nesta candidatura importante para Cuiabá”, declarou o pré-candidato.

Nigro é empresário do ramo de turismo e ocupou o cargo de secretário-adjunto de Turismo na gestão do ex-governador Pedro Taques. Também milita no Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Mato Grosso.

O presidente do diretório municipal disse que o “partido do tamanho do PSDB não poderia ficar sem uma candidatura”. O deputado Wilson Santos lembrou a trajetória tucana em Mato Grosso e destacou o fato de Nigro ser primo do ex-governador Dante de Oliveira.

“Hoje ficou decidido que Luiz Carlos Nigro é nosso pré-candidato para disputar a prefeitura de Cuiabá em 2020. Precisamos desenhar o futuro da nossa capital e nada melhor que um homem experiente na vida privada e na vida pública, primo de Dante de Oliveira com raízes em Cuiabá para nos ajudar nesse trabalho. Esse é o começo da nossa bela caminhada”, afirmou o parlamentar.

Os tucanos são os primeiros a anunciar uma pré-candidatura oficialmente. O PT recebeu o ex-juiz Julier Sebastião, que manifestou a intenção de ser candidato, mas a sigla não nega uma composição de centro-esquerda. O prefeito Emanuel Pinheiro, embora trabalhe como se estivesse em campanha, não confirmou que vai para a reeleição.

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: Rafaela Zanol/arquivo)