sábado, 20/abril/2024
PUBLICIDADE

Governo avalia que Programa ‘Fila Zero’ reduziu espera por cirurgias eletivas em Mato Grosso

PUBLICIDADE
Redação Só Notícias (foto: assessoria)

O governo de Mato Grosso investiu, no decorrer de 2023, mais de R$ 200 milhões no programa Fila Zero na Cirurgia, executado pela secretaria estadual de Saúde. Nesse período, o programa aprovou e executou mais 277 mil procedimentos em todo o estado. Somente em Cuiabá e Várzea Grande, foram efetivados mais de 61 mil procedimentos através de convênios com municípios e consórcios de saúde.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, explicou que o programa Fila Zero na Cirurgia tem apresentado ótimos resultados e colocado fim na angústia e no sofrimento da população que aguarda por um procedimento. “O Fila Zero foi lançado em abril do ano passado, pensado e projetado para atuar em parceria com os municípios. O saldo do programa é muito positivo, fechamos o primeiro ano de atendimento com mais de 50 ordens de serviço e 277 mil procedimentos efetivados, colocando fim no sofrimento pela espera dos procedimentos”, destacou o secretário.

Segundo ele, os investimentos têm apresentado avanços significativos na saúde e possibilitam que os municípios consigam zerar as filas de espera, como é o caso de Torixoréu. Localizado na região sudeste de Mato Grosso, Torixoréu tem se destacado pela performance no programa Filza Zero. A gestão municipal zerou a fila de espera por procedimentos eletivos e passou a atender os pacientes das regiões de Alto Garças, Araguainha, Araguaiana e Ribeirãozinho, como explica o secretário Municipal de Saúde, Magno Martins. 

“O programa é um avanço na saúde da região sudeste do estado. Além de zerar a fila de espera para cirurgias eletivas na nossa cidade, hoje conseguimos atender outras 20 cidades próximas que também aguardam para realizar esse tipo de procedimento”, destacou.

Segundo Magno, a parceria realizada com o Governo de Mato Grosso, através do programa, possibilitou que a Secretaria Municipal investisse na compra de uma ambulância nova, que vai contribuir com mais atendimentos. “É uma das ações mais eficazes já realizadas em parceria com o Governo do Estado e que, no fim das contas, reforça a atenção e o compromisso que a Secretaria tem em atender todos os municípios”, disse.

O secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde, Juliano Melo, avaliou o programa como um projeto gradioso. “Nesse primeiro ano de avaliação, nós tivemos mais de R$ 300 milhões em propostas de cirurgias eletivas. Podemos destacar o empenho e a atuação dos consórcios na execução das propostas da região centro-norte e leste que, por sua vez, fomentou um grande avanço na redução das filas de cirurgias eletivas nessas regiões”, finalizou.

Ao todo, o programa Fila Zero na Cirurgia oferta 277 tipos de procedimentos de média complexidade e 135 tipos de procedimentos de alta complexidade. Dentre as cirurgias que são contempladas pelo programa, estão cirurgias gerais, cardiovasculares, ortopédicas, urológicas, neurológicas, ginecológicas e oftalmológicas, e além de procedimentos cirúrgicos, também há a oferta de incentivos para a realização de exames e consultas necessárias para a realização dos procedimentos cirúrgicos.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Sorriso: PSF Central irá manter atendimentos durante este sábado e domingo

Neste final de semana o PSF Central estará aberto das...

Ordem de serviço para modernizar Sema Juína é assinada pelo governador

A secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso deu...

Governo confirma construção em MT de mais 11 pontes de concreto; R$ 59 milhões

A secretaria estadual de Infraestrutura e Logística publicou as...

Prefeito inaugura ciclovias e pistas de caminhada em avenidas de Nova Mutum

A prefeitura de Nova Mutum inaugurou duas obras do...
PUBLICIDADE