Política

Presidente faz desconto no salário e em parte da verba de deputado pelo Nortão ausente de sessões

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho descontou parte da verba indenizatória e cortou parte do ponto do deputado Xuxu Dal Molin (PSC) que esteve ausente de sessões ordinárias após o presidente ter anunciado que seriam feitos cortes dos ausentes nas votações de diversos projetos para limpar a pauta.  “Não aconteceu nada de mais. Apenas que, quem faltou será descontado. A verba indenizatória também é para exercer o mandato. Se está faltando uma de suas funções, é permitido ao presidente fazer o corte. E isso será proporcional à sessão. Dá algo em torno de R$ 3 mil por sessão”. “Foi falado na semana passada que não aceitaríamos justificativa, a não ser que o deputado estivesse doente”, afirmou o presidente. Cada parlamentar recebe verba indenizatória de R$ 65 mil, além do salário de R$ 25 mil.

O deputado Xuxu Dal Molin protestou. “Minha justificativa foi lida e não foi aceita. Concordo com o corte, mas temos que ter regras. Não pode ser conforme o vento. Semana passada vários não estiveram aqui, não votou nada. Aí essa semana represou [as pautas] e estão usando o deputado Xuxu como uma isca”, disse, ao Mídia News. “Não posso viver do que eles querem pra hoje. Tenho minha programação. Temos 24 deputados. O que temos que ter aqui é quórum”, emendou.

Ele expôs que esteve em compromissos políticos em Sorriso (sua principal base eleitoral e onde reside), em encontro no setor do agronegócio e em Lucas na inauguração do Senai e por isso não esteve nas sessões para votação de projetos.

A Assembleia tem outra sessão nesta quinta-feira para apreciar diversos projetos.

Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)