Política

Prefeitura rescinde contrato para construção de terminal rodoviário em Lucas do Rio Verde

A prefeitura de Lucas do Rio Verde rescindiu o contrato para construção do terminal de integração para ônibus urbanos no município. A obra foi licitada em ainda durante a gestão do ex-prefeito Otaviano Pivetta, porém, ainda não havia saído do papel, em razão da falta de consenso sobre o local para implantação do empreendimento.

No ano passado, a prefeitura havia paralisado o contrato por 120 dias. Na justificativa, a administração apontou que o objetivo era proceder “com os atos administrativos que motivaram a paralisação”. Segundo a secretária de Planejamento e Cidade, Magna Stella, em entrevista dada ao Só Notícias, em setembro, o prazo era para aguardar a elaboração de um estudo de viabilidade, que iria embasar a definição do local para construção.

Conforme publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a rescisão foi unilateral (decretada por uma das partes do contrato). O documento foi assinado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, João Pagotto. Ao Só Notícias, ele não deu mais detalhes sobre os motivos. Comentou apenas que “foi uma decisão do prefeito Luiz Binotti”, baseada no estudo de viabilidade. Adiantou ainda que o terminal será construído em um novo local.

A construção do terminal de integração foi licitada em 2016. O contrato assinado com a empreiteira, no entanto, já havia sido paralisado cinco vezes. No documento constava que a obra seria feita no centro. O valor da proposta apresentada pela empresa foi de R$ 175 mil. Já a execução teria um prazo de 90 dias.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Só Notícias/arquivo)