Política

Prefeitura, MP e judiciário avaliam soluções para ocupação irregular de duas áreas em Lucas do Rio Verde

O prefeito Miguel Vaz, o promotor de Justiça, Leonardo Moraes, a juíza Alethéa Assunção, a procuradora do município, Derlise Marchiori, o secretário de Planejamento e Cidade, Welligton Souto, estiveram na região do Recanto dos Macucos e do Setor 13, locais há ocupação irregular que resultaram em problemas ambientais, imóveis instalados à margem do Rio Verde, com riscos aos moradores.

As lideranças estão avaliando medidas para solucionar o problema. Uma das alternativas propostas é a Regularização Fundiária Urbana (REURB), apresentada pela prefeitura, que poderia atuar na região com serviços públicos, além de sanar outros problemas. “O objetivo da visita foi verificar a atual situação do Macucos e do Setor 13 porque existe o interesse do poder público, dentro da legalidade, em fazer melhorias naquela região. Importante a presença do MP e do Judiciário, já que ali existe uma ação civil pública. Agora, pretendemos fazer um estudo, considerando as questões ambientais, para dar os próximos passos”.

A prefeitura constatou a necessidade de realizar os estudos para regularização dos imóveis, possibilitando que os serviços públicos, como o transporte escolar e outros, informa a assessoria.

Só Notícias (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)