Política

Sinop: licitação de R$ 7 milhões para construção de escola no Nico Baracat é na próxima semana

A prefeitura de Sinop fará na sexta-feira da próxima semana a licitação que tem como objeto a construção de uma escola no Residencial Nico Baracat. A unidade ficará entre as avenidas Projetada 1 e 3, sendo que o investimento previsto é superior a R$ 7 milhões.

O bloco educacional contará com 12 salas de aula, sala de professores, coordenação, arquivo, diretoria, secretaria, laboratório de química, sala de apoio psicopedagógico, hall de entrada e áreas de circulação com corredores. Terão banheiros masculino e feminino, ambos também para pessoa com deficiência, sala de apoio e sala de profissão 4.0.

Contará ainda com uma ampla área de playground (parquinho), com 291,80 metros quadrados, com equipamentos seguros às crianças. Já o estacionamento, terá área superior a 476,8 metros quadrados, desenvolvido para atender todos os usuários, desde cadeirantes, professores e idoso.

O refeitório terá 441,01 metros quadrados de área edificada, contemplando acessibilidade, projeto hidros sanitário, elétrico, sistema de proteção de descargas atmosféricas, combate a incêndio e de gás, de acordo com o memorial descritivo. Este espaço contará com cozinha, despensa de utensílios, despensa de alimentos, depósito de material de limpeza, triagem de alimentos, circulação interna, banheiros, e calçadas.

A quadra poliesportiva abrangerá área construída de 699,5 metros quadrados, com acabamentos de qualidade, visando tornar local atrativo e dinâmico para a comunidade, promovendo o convívio social e a prática de esporte e lazer. Haverá traves de futsal, tabelas para basquete, e conjunto para quadra de vôlei. O pórtico de entrada da escola terá 3,53 metros quadrados de área construída e será instalado um totem com a logo do governo do Estado, com placa em aço inox.

Os pagamentos serão efetuados conforme andamento das obras e serão realizadas medições por parte de servidores da prefeitura. A contratada terá 540 dias (18 meses) para concluir os serviços, contados a partir da assinatura da ordem de serviço.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)