Política

Prefeita em exercício de Alta Floresta decreta situação de emergência devido os estragos causados pelas chuvas

A prefeita em exercício, Marineia Munhoz, decretou situação de emergência no município devido aos estragos causados pelas chuvas intensas, que vêm ocorrendo desde janeiro. Ela argumenta que são inúmeros prejuízos, principalmente quanto a pontes danificadas e bueiros do sistema viário do município. O decreto foi publicado hoje.

A gestora alega que as perdas econômicas são consideráveis e cita também o fato de alunos ficarem sem aulas (devido a impossibilidade de tráfego de ônibus escolares em algumas estradas vicinais), comprometimento e inviabilização do trânsito, danos ambientais, dentre outros. A prefeitura menciona parecer técnico do Departamento de Defesa Civil do município e o relatório de diagnóstico da secretaria de Infraestrutura que a situação atual é favorável à declaração de situação de emergência.

Não foram informadas quantas pontes precisarão de manutenção emergencial, nem a quantidade de estradas vicinais. Com o decreto, o município poderá dispensar determinados procedimentos burocráticos para agilizar as obras.

Marineia assumiu recentemente e ficará no cargo por 90 dias. O prefeito Asiel Bezerrra se licenciou para tratamento de saúde.