quinta-feira, 13/junho/2024
PUBLICIDADE

Prazo para Julier deixar cargo de magistrado provoca debate

PUBLICIDADE

A possibilidade de filiação do juiz federal Julier Sebastião da Silva para disputar a prefeitura de Cuiabá vem causando muitas discussões no meio jurídico. Especialistas acreditam que ele tem que abandonar o cargo até 7 de abril. Outros entendem que o prazo se estende até 7 de junho. Há ainda os que pregam que ele pode se filiar a alguma legenda até as convenções partidárias que serão realizadas até 30 de junho.

As discussões já correm a todo vapor nos bastidores do meio jurídico, apesar de Julier estar apenas cogitando a possibilidade de filiação diante do convite de várias siglas, como o PMDB, PDT, PT, entre outros. O grande problema é que a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições de 2012 não trata do assunto.

As dúvidas aumentam ainda mais porque as regras para as eleições gerais de 2010 previam 6 meses antes da eleição para o pedido de exoneração dos magistrados, o mesmo prazo adotado nas eleições de 2004. Como cada eleição tem regras próprias, em 1992, quando foram eleitos prefeitos e vereadores em todo o país, foram adotados 4 meses, tese defendida pelo professor e doutor Thales Tácito Cerqueira.

Há ainda especialistas que também preferem não se manifestar publicamente e defendem outro ponto mais polêmico: entendem que, mesmo tendo que se desincompatibilizar 6 meses antes da eleição de 7 de outubro, os magistrados teriam para se filiar até o dia das convenções partidárias (10 a 30 de junho). Exceção parecida com os militares, que podem ser escolhidos por agremiações mesmo sem qualquer filiação.

Independente do prazo, Julier tem um privilégio em relação aos demais pré-candidatos a prefeito de Cuiabá, que precisam da devida filiação um ano antes das eleições. Ao invés do simples afastamento, juízes devem pedir exoneração (demissão). O mesmo fez o senador Pedro Taques, que abriu mão do cargo de procurador da República e se filiou ao PDT em abril de 2010, ou seja, 6 meses antes da eleição daquele ano.

Julier já recebeu convite de filiação de várias siglas como PDT, PMDB, PT, entre outros. O assunto voltou à tona nessa semana depois da proposta de adesão ser oficializada pela cúpula petista.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Governador entrega 281 km de asfalto ligando Médio Norte ao Nortão

O governador Mauro Mendes irá entregar, neste sábado (15),...

Processo de inscrições de conjunto habitacional em Lucas do Rio Verde vão até julho

Após período de agendamento inscrições do habitacional “Águas do...

Fundo para receber doações para criação de parques é sancionado em Mato Grosso

O governador Mauro Mendes sancionou a criação do Fundo...

Prefeito de Sinop e parlamentares prestigiam posse de Rosana no Senado

O prefeito Roberto Dorner (PL), a secretária Sheila Pedroso,...
PUBLICIDADE