Política

PFL promete pedir reabertura das contas de campanha do presidente Lula

O líder do PFL no Senado, José Agripino Maia (RN), afirmou nesta sexta-feira que o partido pretende apresentar na próxima semana pedido para reabertura das contas de campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “As contas foram aprovadas sem a denúncia de Duda Mendonça [responsável pela campanha presidencial do PT em 2002].”

Ontem, o publicitário Duda Mendonça revelou à CPI dos Correios que recebeu do PT, por meio do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, dinheiro de caixa dois. Duda disse ter recebido ilegalmente R$ 11,9 milhões em 2003 como parte do pagamento de dívidas da campanha de 2002.

O publicitário disse que não emitiu notas fiscais a pedido do PT e que parte do pagamento foi feito por meio de uma conta aberta nas Bahamas, um paraíso fiscal, a pedido de Valério.

Duda ressaltou, no entanto, que a campanha de Lula e do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) foram pagas com dinheiro oficial.

Maia qualificou como “gravíssimas” as revelações feitas por Duda. “Ele colocou denúncias gravíssimas de prática de ilícito dentro e fora do país, sonegação fiscal, crime tributário, crime eleitoral e isso impõe que o procurador peça a reabertura das contas de Lula junto ao Tribunal Superior Eleitoral”, disse.