Política

Partido liderado por Mauro Mendes ganha 2 vereadores em Sinop

O fim do período permitido para políticos trocarem de partido sem prejuízo ao cargo, conhecido como janela partidária, terminado no sábado (4), mostrou a força que um governo possui sobre a política no estado. O Democratas, partido do governador Mauro Mendes, não tinha representante na Câmara Municipal e agora conta com dois: Billy Dal Bosco e Luciano Chitolina, que chegam buscando um alinhamento com o cenário político estadual.

O vereador Billy Dal Bosco trocou o PL da prefeita Rosana Martinelli por “incompatibilidade de ideias”. Lembrou que trabalhou para eleger Mauro Mendes e disse sua filiação é um retorno ao lar, que já foi presidido em Mato Grosso pelos seus dois irmãos, o deputado Dilmar Dal Bosco e ex-deputado Dilceu Dal Bosco.

“Eu já não tinha mais o espaço que gostaria com a prefeita. Já fui filiado ao DEM e estou voltado às origens. Na campanha trabalhei com o governador Mauro Mendes, com o Dilmar e com o senador Jayme Campos. Então, estou mantendo a coerência e voltando para um partido onde sou muito bem recebido”, declarou Billy.

Chitolina trocou o PSDB pelo DEM. Na campanha eleitoral de 2018, mesmo contrariando decisão tucana, que tinha duas candidaturas em Sinop, ele apoiou o deputado estadual Dilmar Dal Bosco, com quem, diz, mantém-se alinhado. “Sempre fui alinhado com as propostas do DEM e agora vi no partido abertura de possibilidades para eu crescer politicamente junto com o grupo. É um grupo que aceita que a gente opine”, disse.

O presidente do DEM em Sinop, Júlio Dias, destacou que o partido é o maior de Mato Grosso em número e filiados e que ocupa os principais cargos além o governo, como a presidência da Assembleia Legislativa e uma cadeira no Senado, com Jayme Campos. Para ele, a chegada de dois vereadores à sigla pode ajudar no desenvolvimento de Sinop.

“Nós temos um espaço político considerado e o fortalecimento do DEM é muito importante, porque Sinop representa muito para o Estado. Temos feito um trabalho para trazer pessoas que já têm trabalho prestado na cidade e que sabem como buscar benefícios para o município se valendo das possibilidades, republicanas, que a proximidade com o governo podem trazer”, afirmou Dias.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: arquivo/assessoria)