terça-feira, 21/maio/2024
PUBLICIDADE

Osvaldo Sobrinho é empossado senador após renúncia de Pagot

PUBLICIDADE

Osvaldo Sobrinho (PTB) acaba de ser empossado senador, na vaga de Jayme Campos (DEM), e ficará no Senado por 130 dias. Foi uma solenidade rápida e Sobrinho fez discurso agradecendo a oportunidade dada por Jayme e também agradeceu ao presidente do DNIT, Luiz Pagot, que decidiu abrir mão para que assumisse. Na verdade, Pagot renunciou a vaga ao decidir, com o Palácio do Planalto, que é melhor continuar no comando do Departamento Nacional de Infra-estrutura. Ele esteve no Senado, onde foi lida sua carta renúncia.

Osvaldo, que se licenciou da secretaria de Governo em Cuiabá, disse que trabalhará empenhado em solucionar problemas da capital, dos demais municípios e também se colocou a disposição do governador Blairo Maggi (PR). 

Os principais líderes de bancadas estão na sessão plenária onde Sobrinho foi empossado, após ser lida a carta com a renúncia de Pagot. Após o senador Mão Santa (PMDB-PI) ler a carta renúncia,  o presidente do Senado, José Sarney, convidou os senadores Romeu Tuma (SP) e Gim Argello (DF), ambos do PTB, a conduzirem Osvaldo Sobrinho à Mesa para a prestação do juramento regimental.

 

Leia ainda
Pagot renuncia 1ª suplência de senador; Sobrinho vai assumir

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE