Política

Obras atrasam e presídio de Sinop deve ficar pronto em setembro

A conclusão das obras presídio de Sinop vai ficar para setembro, com atraso de 3 meses em relação ao planejamento anterior da Secretaria Estadual de Segurança Pública.
O secretário de Segurança, Celio Wilson, disse ontem, “a inauguração foi adiada em função de problemas com a construtora, mas conversei com o responsável pela obra e ele assegurou que no final de setembro irá entregá-la”, afirmou. Os problemas que o secretário se referiu não foram revelados.

O presídio terá capacidade para 300 detentos, fica a 12 km da cidade. Possui uma área de 9 mil metros quadrados de construção, com 40 selas coletivas, para suportar 16 presos cada, 16 selas individuais e 9 para isolamento. Também terá quadras de esporte, salas para aulas, espaço para visitas e salas de encontro íntimo, além de uma área, que ficará separada para a parte administrativa.

R$ 12 milhões estão sendo investidos no presídio. A maior parte dos recursos é do Governo Federal. Estado e município são parceiros nesta obra que resolverá um grande problema no setor de segurança na região, que é a super lotação nas cadeias de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde e de outras cidade. Com o presídio, a cadeia sinopense, que hoje está em um local impróprio – no centro da cidade- e tem uma frágil estrutura de segurança, deve ser desativada.