terça-feira, 28/maio/2024
PUBLICIDADE

Nortão: delegado pede prorrogação da prisão de vereador

PUBLICIDADE

O delegado municipal de Marcelândia (210 km de Sinop), Luiz Henrique Oliveira pediu, ontem à tarde, a prorrogação da prisão do vereador Ervino Kovaleski, do PPS, acusado de corrupção para votação na última eleição da mesa diretora da câmara municipal. Ele explicou, ao Só Notícias, que ainda não concluiu a oitiva das testemunhas. “O Ministério Público já se posicionou favorável a prorrogação da prisão temporária (mais 5 dias) e aguardamos decisão da justiça”, explicou o delegado. Ervino está preso em Sinop, no Ferrugem, desde domingo.

O delegado não adiantou detalhes dos depoimentos dos vereadores e outras testemunhas. Ervino é acusado de cobrar, do presidente do DEM, Celso Padovani, R$ 6 mil, um terreno e uma chácara para votar na chapa encabeçada por um vereador do partido que disputou a presidência do legislativo. Padovani também acusa Ervino de não pagar uma dívida, referente a empréstimo de cheques -cujas cópias foram encaminhadas para a delegacia-, fato que também é apurado.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Polícia Federal faz operação e investiga fraudes em licitação na Saúde em Cuiabá

A Polícia Federal deflagrou, esta manhã, a operação Miasma,...

Sinop: prefeito confirma retomada do programa Arranca Safra

As melhorias nas estradas vicinais, através do programa Arranca...

Prefeito inaugura dia 7 uma das maiores escolas em Nova Mutum

O prefeito de Nova Mutum, Leandro Felix, confirmou que...
PUBLICIDADE