Política

Ministra lança em Mato Grosso programas Famílias Fortes e da Escola de Formação Municipalista

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves participou, esta manhã, no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), em Cuiabá do lançamento dos programas Escola de Formação Municipalista e o fortalecimento de apoio para a implementação do Programa Famílias Fortes em Mato Grosso.

“A gente veio aqui, prefeitos, para juntos, fortalecer a família e entender o que está acontecendo com esse país, e está na sua mão, prefeito, a possibilidade de junto conosco mudar essa realidade no Brasil. É para isso que viemos aqui, pensar contigo por meio do Programa Famílias Fortes como fortalecer os vínculos, como a gente ter nos nossos municípios programas de respeito intergeracional, resgate de dignidade humana” explicou Alves.

A presidente da Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso (APDM-MT) e secretária de Assistência Social de Sinop, Scheila Pedroso, destacou a necessidade do Famílias Fortes nos 141 municípios. “Será um avanço para o desenvolvimento social. Vai lá direto na base, tratar a família, tratar onde realmente a gente precisa dar o início das ações sociais”, informou a gestora.

O senador Wellington Fagundes (PL), em seu discurso, agradeceu a ministra por atender Mato Grosso, lembrando que é um dos estados que mais cresce no Brasil. “Hoje nós vamos estar aqui lançando a Escola de Formação Municipalista com cursos profissionalizantes para os gestores públicos e claro, com o objetivo de desenvolvimento econômico, social, gerando uma gestão eficiente e, acima de tudo, um atendimento humanizado”.

A Escola de Formação Municipalista ofertará cursos de capacitação para o planejamento e execução de atividades no serviço público aos gestores de todo o estado. Já o Programa Famílias Fortes envolve a área da Assistência Social, Saúde e Educação, através do atendimento de famílias com filhos entre 10 e 14 anos por meio de encontros para se trabalhar a base familiar e suas relações.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)