Política

Medeiros censura adversários que não têm ‘moral’ para criticar Petrobras

O deputado José Medeiros (Podemos) voltou a censurar adversários que criticam o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), do qual é vice-líder na Câmara Federal. Ontem, em pronunciamento no plenário, o parlamentar rebateu opositores que reclamam do vazamento de petróleo no nordeste tentando atribuir culpa ao atual governo e pediu que políticos de esquerda parem de citar a Petrobrás, pois, segundo Medeiros, os adversários não têm “moral” para fazer críticas.

“Eu tenho eu vir aqui dizer, para ver se eles têm, pelo menos, vergonha na cara e parem de vir falar em questões éticas aqui porque não têm moral. Os caras estão na cadeia e querem dar lição de moral. Parem de falar de Petrobrás! Qual a moral que vocês têm para falar de Petrobrás?”, questionou.

“Agora estão e apressando e falando que tem manchas de petróleo no litoral do nordeste. Se for provado que este petróleo está vindo da Venezuela, daqui a pouco vão dizer que aquilo lá é bom para a pele, mas por enquanto estão criticando”, acrescentou.
Medeiros lembrou o histórico de prisões de petistas e sugeriu que a esquerda faça uma reflexão e que mude a forma de fazer política.

“Quem teve oportunidade e não fez, tem que fazer uma autorreflexão. Tem que pegar aquele conselho que o Ciro [Gomes] deu, que o Sid [Gomes] deu e ver onde deu errado. Pegar outro caminho, mas não, continuam batendo na mesma tecla”, concluiu.

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: Só Notícias/arquivo)