Política

Mauro e ministro definem ‘segurança jurídica’ e proposta para expandir ferrovia de Rondonópolis a Mutum e Lucas sai nesta 6ª

O governador Mauro Mendes assinou, no final da tarde, em Brasília, com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, acordo de cooperação técnica que dá segurança jurídica total para a construção da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso, de Rondonópolis (onde está a Ferronorte), até Cuiabá e depois a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

A abertura dos envelopes com a proposta da empresa interessada é nesta sexta-feira, em Cuiabá. “ Mais uma vitória para os mato-grossenses! Acabamos de assinar com o ministro Tarcísio, da Infraestrutura, um acordo de cooperação técnica que dá segurança jurídica total para a construção da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso”, comemorou Mauro, que lançou o projeto da ferrovia estadual há cerca de 40 dias. “ Nesta sexta, vamos abrir os envelopes com a proposta da empresa interessada. Se Deus quiser, muito em breve as obras começam. Serão R$ 12 bilhões investidos, de recursos privados, que vão gerar milhares de empregos e desenvolvimento!, declarou.

Agradeço ao presidente Bolsonaro, ao ministro e a todos os nossos parceiros da Assembleia e da bancada federal, em especial os nossos senadores Fávaro, Jayme e Wellington, que participaram dessa agenda”. “Vai ser a ferrovia do agro, da indústria, do comércio e, principalmente, da geração de empregos”, reforçou.

A ferrovia estadual ligando o Sul ao Nortão terá cerca de 700 km de trilhos com aproximadamente 60 pontes, além de se conectar com a malha nacional. “ É um sonho antigo da população que está prestes a sair do papel”.

O ministro também confirmou que a Vale entrou com pedido para construir o trecho da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), entre Água Boa e Lucas do Rio Verde, com investimentos previstos de R$ 6,4 bilhões.

O governador esteve acompanhado dos secretários Mauro Carvalho (Casa Civil) e Rogério Gallo (Sefaz) e dos senadores Carlos Fávaro, Jayme Campos e Wellington Fagundes.

Só Notícias (foto: reprodução - atualizada 10:47h em 3/9)