Política

Leitão propõe parceria com Ibama para recadastrar madeireiras no Nortão

O prefeito de Sinop, Nilson Leitão, vice-presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, considerou hoje que o encontro com o interventor do Ibama, Elierson Souza, foi “importante para demonstrar ao Ibama que as indústrias madeireiras estabelecidas que geram empregos, inclusive as que exportam, não podem viver um momento de paralisia devido a portaria 857 do Ibama (que suspende por 30 dias a emissão de ATPFs) “, disse Leitão. “Devido aos compromissos com os clientes, funcionários e todos têm contas a vencer no final do mês. Punam os que devem, mas não inviabilizem os que trabalham corretamente, que geram riqueza parea este país”, acrescentou.

Leitão e os prefeitos da região apresentaram ao interventor uma estimativa de consumo de ATPFs de algumas das maiores indústrias madeireiras de Sinop.
As empresas que precisam de ATPFs e têm créditos devem apresentar um balanço das guias de entrada e saída referente ao período de janeiro a junho deste ano.

O prefeito propôs a formação de uma cooperação técnica para contratação de funcionários da área técnica para agilizar o atendimento na Gerência Executiva em SInop e, numa demonstração de transparência, foi proposto um recadastramento, feito pelas prefeituras para ser confrontado com o cadastro do Ibama e da Secretaria Estadual de Fazenda para eliminar empresas fantasmas.

O encontro com o interventor hoje, na Prefeitura de Sinop, reuniu os prefeitos e lideranças de 25 municípios da região, dentre eles Juara, Alta Floresta, Sorriso, Feliz Natal, Marcelândia, Claudia, Juruena, Aripuanã, São José do Rio Claro, dentre outras.