quinta-feira, 30/maio/2024
PUBLICIDADE

Homero critica proibição do PSD em presidir comissões na câmara

PUBLICIDADE

O deputado federal Homero Pereira (PSD) acredita que o Supremo Tribunal Federal (STF) se manifeste ainda hoje sobre o mandado de segurança impetrado por sua legenda que tenta garantir o direito de seus filiados em presidir as comissões da Câmara dos Deputados. Após a “onda” de migração, o partido tem hoje a terceira maior bancada. “Somos 52 deputados titulares, sendo 46 em exercício. Não ter direito ao comando de comissões, é um absurdo”, criticou o parlamentar mato-grossense.

O PSD ingressou, ontem, no STF contra decisão do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), que proibiu o partido de presidir comissões na Casa. A legenda pede, em liminar, que a justiça cancele reunião que deve acontecer na quarta-feira entre todos os partidos para definir as presidências das comissões. Os demais partidos são favoráveis ao presidente Marco Maia, por temerem perder espaço para o PSD.

“Pelo regimento interno da Casa, o tamanho da nossa bancada garante a presidência de duas comissões. Princípio da proporcionalidade partidária”, aponta Homero Pereira.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Nova Mutum: investimentos em saúde chegam a 30% da arrecadação municipal

O investimento de recursos municipais na saúde foi de...

Guarantã investe R$ 444 mil na compra de mais uma ambulância

A prefeitura de Guarantã do Norte (230 quilômetros de...

Potencial do setor florestal de Mato Grosso é divulgado em feira na França

A comitiva mato-grossense que representa 523 indústrias associadas ao...
PUBLICIDADE