Política

Governo investe R$ 6 milhões na compra de 600 computadores para forças de segurança em MT

A secretaria de Estado de Segurança Pública está investindo aproximadamente R$ 6 milhões na aquisição de mais de 600 computadores que estão sendo entregues às forças de segurança de Mato Grosso. O recurso investido nos equipamentos é oriundo do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Nesta primeira demanda, a secretaria investiu na aquisição de 399 computadores administrativos, 32 notebooks e um total de 177 computadores avançados, sendo este último direcionado aos setores de Inteligência das forças.

Entre as forças de segurança estaduais, a Polícia Militar receberá 161 equipamentos (já contando com os computadores avançados). A Polícia Civil  receberá 143 equipamentos. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), 73; o Corpo de Bombeiros, 36 e a secretaria Adjunta de Inteligência, 37 equipamentos.

Já a estrutura administrativa e de Tecnologia da Informação da secretaria de Estado de Segurança Pública será contemplada com 93 computadores. Também serão beneficiados o Centro Integrado de Operações Aéreas e o Grupo Especial de Segurança na Fronteira, além da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária, o Sistema Socioeducativo, as unidades da Rede Cidadã em Cuiabá e Várzea Grande e a Fundação Nova Chance.

Os equipamentos são compostos por monitor, CPU, teclado e mouse, sendo diferenciados apenas pela capacidade de processamento. Os computadores destinados aos setores de Inteligência das forças possuem maior poder de processamento, já que se utilizam de programas mais pesados, necessitando de maior desempenho.

A secretaria de Estado de Segurança Pública ainda prevê para este ano uma segunda aquisição de computadores, desta vez totalizando 1.500 equipamentos, além de equipamentos como switch para todo o prédio da secretaria. O orçamento previsto é de R$ 13 milhões, oriundos de emendas parlamentares da bancada federal. A aquisição será por meio de licitação, que deve ser realizada nos próximos meses.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)