Política

Mauro anuncia que Mato Grosso terá 1,2 mil enfermarias e UTIs só para Covid-19; vídeo

O governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, apresentaram ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado a relação completa dos leitos destinados exclusivamente para o tratamento dos pacientes com a Covid-19. A relação foi entregue, esta tarde, onde constam os leitos do Estado, SUS e dos municípios, de acordo com o que foi informado pelos gestores ao Ministério da Saúde. Hoje, o Estado tem 507 leitos, sendo 104 de UTIs,  só para tratar casos relativos a doença para atendimento via SUS.

Mauro anunciou que a quantidade será ampliada e chegará a 1.273 leitos sendo 326 deles são de UTI disponíveis 100% a partir do dia 4 de maio. Hoje há 6 pessoas em Unidade de Tratamento Intensivo da rede pública e 9 internadas em enfermarias.

Dos leitos de UTI, 132 são da rede pública estadual ou foram contratados pelo Estado na iniciativa privada e hospitais filantrópicos. A prefeitura de Cuiabá informou que irá dispor de 139 sendo que, 60 estão no Novo Pronto Socorro, 49 no prédio do antigo Pronto Socorro e 30 no Hospital São Benedito. Os demais leitos serão disponibilizados pelo Hospital Universitário Júlio Müller (21) e pelas prefeituras de Barra do Garças (5), Juína (6), Rondonópolis (10) e Tangará da Serra (13).

“Essa transparência nas informações é fundamental para que seja feita a regulação dos leitos, no caso do aumento no número de pacientes da covid-19. Além disso, será importante a fiscalização para saber se os leitos estarão ou não disponíveis para os pacientes”, destacou o governador, através da assessoria.

Esta manhã, o secretário Gilberto explicou que a liberação dos leitos está ocorrendo de forma gradativa. A partir de hoje, segundo as informações repassadas pelas prefeituras e governo, serão 104 leitos de UTI disponíveis em todo o Estado e 403 de enfermaria. “Todo o trabalho é realizado para garantir que não faltem leitos para os pacientes e o sistema de regulação possa funcionar”. “Temos um hospital inteiro sendo destinado para ser a referência em coronavírus, que é o Hospital Metropolitano. Além disso, temos leitos nos nossos Hospitais Regionais e também compramos serviços em unidades privadas e filantrópicas. Outro ponto que devemos ressaltar é que adquirimos 10 ambulâncias UTI para dar suporte nos casos em que for necessário o transporte terrestre e também temos UTI aérea”, ressaltou.

O secretário ainda destacou que hoje, conforme as informações dos municípios, há 27 leitos de UTI para covid-19, sendo que 3 estão ocupados com pacientes em tratamento.

https://youtu.be/9DmKbHGZRRg

Redação Só Notícias (foto: Mayke Toscano/assessoria - atualizada 22:37h)