Política

Governador incentiva vacinação em Mato Grosso e posta contra negacionistas

O governador Mauro Mendes (DEM), que no dia 8 de junho tomou a primeira dose da vacina AstraZeneca contra o novo Coronavírus, entrou na campanha contrária à difamação e fake news que negacionistas promovem contra a imunização. Em suas redes sociais, o gestor reconheceu os possíveis efeitos colaterais, mas ressaltou que a vacina salva vidas e impede a internação com casos graves.

“Meus amigos, peço a todos os mato-grossenses que agendaram a imunização: vacinem. Não acreditem em fake news. Um pequeno efeito colateral que possa ocorrer é melhor do que ir parar em uma UTI ou até mesmo acabar morrendo. Todas as vacinas disponíveis impedem os óbitos e os casos graves, e é isso que importa”, declarou.

“O Governo de Mato Grosso está fazendo todos os esforços para levar a vacina até você. Os lotes recebidos são distribuídos em até 48h para as regiões do estado inteiro. Usamos também as nossas aeronaves para garantir a entrega aos municípios, que são responsáveis pela aplicação. E continuamos na luta para trazer mais vacinas aos mato-grossenses”, completou.

O governador contraiu o vírus em junho do ano passado, sua esposa também foi contaminada e a sogra não resistiu à doença. Além das doses encaminhadas pelo governo Federal, Mato Grosso tenta a compra de 1,2 milhões de doses da vacina Sputnik V, que ainda não chegaram ao estado.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: Mayke Toscano/arquivo)