Política

Fabio Garcia pode assumir presidência do DEM; Botelho sinaliza que 4 deputados também devem se filiar

Os ex-senadores Jayme Campos e Júlio Campos convidaram o deputado federal Fabio Garcia para se filiar no Demoracratas e assumir a presidência do diretório estadual. A revelação foi feita, hoje, pelo governador em exercício Eduardo Botelho (PSB), que é o principal defensor que o grupo político da qual faz parte, com Garcia, os deputados Adilton Sachetti, Oscar Bezerra, Max Russi e Adriano Silva entrem no DEM. A articulação vem sendo conduzida pelo presidente nacional da sigla, Agripino Maia (DEM-RN) e por Jayme Campos.

Fabio Garcia e Sachetti saíram do PSB, mês passado, após conseguirem autorização da direção nacional. Anteriormente, foram destituídos da presidência e vice do partido por votarem com o governo federal nas reformas. Já Eduardo Botelho e outros quatro deputados estaduais do PSB acionaram a justiça para deixar o partido sem o risco de perder seus mandatos por conta da infidelidade partidária. Devido a recusa do atual presidente da sigla no estado, deputado federal Valtenir Pereira, em liberá-los, eles pediram a saída via judicial.

Botelho afirma que os deputados estaduais também devem migrar para o DEM além do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.