Política

Estado terá regulação voltada para pacientes do Coronavírus, diz governador

O Estado deve criar uma regulação voltada para o atendimento aos casos de coronavírus (Covid-19) que necessitarem internação. A informação foi confirmada, há pouco, pelo governador Mauro Mendes (DEM), em reunião que contou com a presença dos prefeitos Emanuel Pinheiro, de Cuiabá, e Lucimar Campos, de Várzea Grande.

“Definimos que o governo do Estado vai mapear os 54 hospitais estaduais e ver a disponibilidade de leitos que podem ser colocados com exclusividade para o atendimento ao coronavírus. Vamos fazer este trabalho e, depois, a equipe técnica vai escolher as nossas referências estaduais para ter este leito com exclusividade para os eventuais casos que demandem internação em nossos hospitais. Em seguida, todo este conjunto de leitos vai fazer parte de regulação estadual que vamos construir a partir da que já existe aqui na capital”, explicou Mendes.

Na reunião com os prefeitos, também foram definidas ações para o combate ao covid-19 na região metropolitana. Cuiabá tem cinco casos confirmados de coronavírus e Várzea Grande tem um. “Vamos integrar a rede destes municípios a um planejamento estadual. Dentro de dois dias eles vão entregar um planejamento de cada município para que possamos articular, em conjunto, um atendimento exclusivo aqui na baixada cuiabana e atendendo, também, boa parte do Estado de Mato Grosso”, detalhou o governador.

Conforme Só Notícias já informou, a secretaria de Estado de Saúde confirmou, esta tarde, o primeiro caso de coronavírus no Nortão, no município de Nova Monte Verde (470 quilômetros de Sinop). A paciente é uma mulher e tem 32 anos. Os confirmados na capital e Várzea Grande são em quatro homens infectados com idades de 31, 38, 48 e 50 anos. Há ainda duas mulheres com 43 e 55 anos.

De acordo com o boletim diário da secretaria, dos 269 casos suspeitos, em Mato Grosso, até agora, 38 foram descartados.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: reprodução)