quarta-feira, 29/maio/2024
PUBLICIDADE

Deputados destinam R$ 1,3 milhão de emendas para Hospital de Câncer

PUBLICIDADE

Os deputados destinaram aproximadamente R$ 1,3 milhão de emendas parlamentares para a conclusão das obras do Hospital de Câncer de Mato Grosso. Numa parceria inédita, a Assembleia Legislativa e a Casa Cor uniram esforços em benefício desse hospital, que é referência no atendimento oncológico de Mato Grosso e de estados como Pará e Mato Grosso do Sul, além de atender pacientes também da Bolívia.

O anúncio foi feito pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PSD), hoje, durante reunião com o presidente do Hospital de Câncer, João Castilho Moreno e diretores da Casa Cor Mato Grosso, Emili Ayoub Giglio e Wagner Giglio. No próximo dia 20, às 9 horas, na sede do hospital, será apresentado o projeto aos deputados e empresários envolvidos na causa. “Houve o comprometimento de todos os deputados para ajudar o Hospital de Câncer, que realiza importante serviço aos pacientes”, destacou Riva.

Com o montante, será possível concluir as obras da ala paralisada há 17 anos. Atualmente, o acesso ao hospital é feita pelos fundos. Com o empreendimento, será possível concluir a fachada do prédio e triplicar o número de atendimento com a construção de consultórios, ambulatórios, setores de urgência e emergência e sala de biópsia.

O presidente do Hospital de Câncer, João Castilho Moreno disse que os recursos oriundos das emendas serão usados na infraestrutura do prédio. E a parceria com a Casa Cor possibilitará o acabamento e a decoração do hospital. “A ajuda dos deputados é fundamental, especialmente, com a parceria da Casa Cor. Vai trazer mudanças significativas no tratamento dos pacientes que lutam contra o câncer. Por isso, agradecemos a todos os deputados que demonstram sensibilidade a essa causa”.

A diretora da Casa Cor Mato Grosso, Emili Ayoub Giglio explicou que a intenção sempre foi a de deixar um legado à população. E o projeto do Hospital de Câncer foi o escolhido para ser a Casa Cor 2012, unindo empresários numa causa nobre. “A Casa Cor é a maior mostra de decoração das Américas. Juntos, mudaremos a história dessa ala que aguarda há 17 anos para ser concluída”, avaliou.

O hospital é mantido com recursos do Sistema Único de Saúde – SUS e por doações. O presidente Moreno destaca que em 2011 aproximadamente 47 mil pacientes foram atendidos. Desses, 40.250 fizeram procedimentos no hospital. “O empenho da Assembleia Legislativa significa maior volume de pacientes”, destacou Moreno. Até 2000, Mato Grosso tinha somente 10 leitos para tratamento contra câncer. Com o Hospital de Câncer passou para 120 leitos. Além disso, numa iniciativa do Governo do Estado, foi possível implantar o Centro de Prevenção à Mulher, com tratamento específico ao câncer de mama, orçado em R$ 1.620 milhão.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Nova Mutum: investimentos em saúde chegam a 30% da arrecadação municipal

O investimento de recursos municipais na saúde foi de...

Guarantã investe R$ 444 mil na compra de mais uma ambulância

A prefeitura de Guarantã do Norte (230 quilômetros de...

Potencial do setor florestal de Mato Grosso é divulgado em feira na França

A comitiva mato-grossense que representa 523 indústrias associadas ao...
PUBLICIDADE