Política

Deputado Wellington Fagundes é submetido a cirurgia em Brasília

O deputado federal Wellington Fagundes foi submetido hoje, a uma cirurgia na perna direita. O procedimento, chamado intra-medular, consistiu na colocação de uma aste de metal por dentro do canal da medula no osso fêmur.

Wellington teve uma fratura cominutiva (quando o osso se parte e vários fragmentos), após ser atingido por um boi, quando participava da abertura de um rodeio na cidade de São José do Povo.
O parlamentar foi encaminhado ao centro cirúrgico do Hospital Sarah Kubitschek por volta das 7h e voltou ao seu quarto às 14h. O procedimento cirúrgico todo, no entanto, durou aproximadamente duas horas.

Uma das vantagens desta cirurgia é o tempo de recuperação do paciente. A previsão é que entre seis e nove semanas o deputado já possa se locomover sem grandes dificuldades. “Na próxima semana, entretanto, é possível que Wellington já receba alta”, explica sua esposa, Mariene Fagundes.

O deputado continua despachando no hospital com assessores e acompanha toda movimentação política de Brasília, como votações e execução orçamentária. “Com a alta é possível inclusive que ele retorne ao trabalho na Câmara dos Deputados”, comenta Mariene. “Tudo vai depender da recuperação”, complementa.

Neste fim de semana Wellington iria cumprir agenda em Mato Grosso, acompanhando técnicos dos Ministérios da Saúde e Turismo, que visitam o estado. Com a impossibilidade de viajar, o deputado destacou o seu chefe de gabinete, Thiago Panes, para acompanhar os técnicos.

A visita teve início nesta sexta-feira pelo município de Barra do Garças. Eles vão passar ainda por Primavera do Leste, Chapada dos Guimarães e Pantanal Mato-grossense. Os técnicos irão vistoriar unidades de saúde e avaliar as potencialidades turísticas dos municípios.

Ainda em Primavera do Leste eles assistem a uma etapa do Circuito Mato-grossense de Rodeio, cuja realização foi possível graças também a recursos alocados pelo deputado Wellington Fagundes junto ao Ministério do Turismo.