Política

Deputado Pedro Henry depõe amanhã no Conselho de Ética sobre o mensalão

O deputado mato-grossense Pedro Henry, ex-líder do PP na Câmara dos Deputados, vai depor amanhã no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputado, sobre a acusãção do deputado Roberto Jefferson (PTB) de que também faria, com deputados do PL e PP, suposta distribuição do mensalão(repasses de R$ 30 mil para deputados da base aliada) para ajudar o governo federal.

Hoje, às 14h30, haverá o depoimento de Fernanda Karina Somaggio, ex-secretária do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza. Ele foi acusado pelo deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) de ser o mensageiro do “mensalão” supostamente pago a deputados do PL e do PP em troca de apoio parlamentar ao governo. Fernanda Somaggio declarou que o publicitário empacotava malas de dinheiro para o PT.

Na quinta-feira, dois deputados serão ouvidos: às 10 horas, o conselho recebe o líder do PTB na Câmara, deputado José Múcio Monteiro (PE); e, às 14h30, o líder do PP, deputado José Janene (PR). Os plenários ainda não foram definidos. Os deputados são acusados por Roberto Jefferson de cumplicidade no esquema do “mensalão”.

O conselho também aguarda uma resposta do deputado José Dirceu (PT-SP) ao convite para prestar depoimento. Segundo Roberto Jefferson, Dirceu teria sido alertado por ele sobre o pagamento a parlamentares aliados do governo. O ex-ministro-chefe da Casa Civil ainda não confirmou uma data para falar sobre o assunto.