Política

Conselho Metropolitano aprova criação do Parque Novo Mato Grosso em área de 300 hectares

O Conselho Deliberativo Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá aprovou a criação do Parque Novo Mato Grosso, anunciado na última semana pelo governador Mauro Mendes, e que será um dos maiores espaços multieventos da América Latina.A aprovação foi esta manhã, durante reunião extraordinária. Na ocasião, também foi aprovado o envio do projeto de lei à Assembleia Legislativa que cria a Área de Uso Especial do parque, outro trâmite necessário para a obra.

O presidente em exercício do Conselho, Rafael Detoni, ressaltou a importância da obra para o desenvolvimento da região. Esse projeto é de alta relevância e vai alavancar o turismo esportivo, turismo econômico e de negócios. Temos muita gente que hoje na região que já pratica ciclismo, corrida de rua, caminhada, e esse espaço vai ser um excelente atrativo para essas pessoas, além de movimentar a economia e trazer gente de todo lugar”, afirmou.

Para o prefeito de Nossa Senhora do Livramento, Silmar de Souza, o parque é uma iniciativa de “muita grandeza” não só para o estado, mas para o país. “Um complexo desse vai gerar muito emprego e renda para o Estado, com visitas e com Turismo. No meu município, todos estão maravilhados”, relatou.

O empreendimento é uma iniciativa do governo de Mato Grosso e vai contar com autódromo, estacionamento para mais de 12 mil veículos, espaço para shows e eventos para 100 mil pessoas, kartódromo, lago para prática esportiva com 100 hectares, museu do agro, pista de motocross, pista de caminhada de 5 km, pista de skate, pista de ciclismo, pista de bicicross, parque da família e pista para arrancadão.

O parque conta com 300 hectares e está localizado na MT-251, entre a Rodovia Helder Cândia – que liga Cuiabá ao Distrito de Nossa Senhora da Guia (MT-010), e a rodovia Emanuel Pinheiro – Estrada de Chapada.

A previsão é que os eventos realizados no parque atraiam centenas de milhares de pessoas, no Brasil e no exterior. As pistas de automobilismo serão construídas dentro dos padrões internacionais para receber grandes competições. A expectativa é que o local passe a funcionar em até dois anos.

Redação Só Notícias (foto: Mayke Toscano/assessoria)