terça-feira, 28/maio/2024
PUBLICIDADE

Candidato ao governo trocam críticas em 1º debate sobre saúde

PUBLICIDADE

Os candidatos a governador, Silval Barbosa (PMDB), Wilson Santos (PSDB), Mauro Mendes (PSB) Marcos Magno (Psol) participam de debate, neste momento, na Rádio Difusora em Cáceres, e um dos assuntos mais discutidos foi a saúde pública. Wilson e Sival trocaram críticas sobre o que Estado e prefeitura deixam de fazer e os problemas que não resolveram. Mauro Mendes criticou os dois.  O governador, candidato à reeleição, afirmou que, na gestão de Wilson, a saúde pública da capital foi abandonada e que uma emenda com recursos federais chegou a ser perdida porque a gestão de Wilson não conseguiu aplicá-la no setor para qual foi destinada. O ex-prefeito debateu e classificou a afirmação do governador como mentirosa. Admitiu que Cuiabá enfrentou diversos problemas na Saúde mas faltou ajuda do governo estadual para resolver parte deles. Disse que o Estado precisa melhorar a saúde no interior para que muitas cidades deixem de enviar pessoas para serem atendidas na capital. Lembrou que reformou o Pronto Socorro e melhorou as policlínicas. Ainda na Saúde, Mauro Mendes criticou Wilson apontando que não foi um bom gestor para a capital.
Marcos Magno (Psol) atacou os adversários classificando-os como “farinha do mesmo saco”.

Mauro Mendes criticou o governo estadual e disse que várias cidades da região Oeste não tiveram atenção dos governos Blairo e Silval Barbosa. Disse que a região continua sendo o “Vale dos Esquecidos”. Wilson Santos também criticou o governo estadual e, ainda na área da saúde, apontou que um hospital regional, construído na gestão de Dante de Oliveira, hoje funciona de forma “precária” e não é prioridade para o Estado.

O primeiro bloco do debate, durou aproximadamente duas horas, e foi marcado por várias críticas entre os candidatos. Wilson enalteceu muitas obras e ações feitas na gestão de Dante de Oliveira para a região de Cáceres. Sival também destacou avanços proporcionados nos últimos 8 anos da gestão de Blairo. Mauro Mendes e Marcos Magno expuseram carências que Cáceres e a região têm e já deveriam ter sido solucionados. Magno disse que os concorrentes representam o capitalismo e são “ruins”.

 

(Atualizada às 11:19h)

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Polícia Federal faz operação e investiga fraudes em licitação na Saúde em Cuiabá

A Polícia Federal deflagrou, esta manhã, a operação Miasma,...

Sinop: prefeito confirma retomada do programa Arranca Safra

As melhorias nas estradas vicinais, através do programa Arranca...

Prefeito inaugura dia 7 uma das maiores escolas em Nova Mutum

O prefeito de Nova Mutum, Leandro Felix, confirmou que...
PUBLICIDADE