Política

Bolsonaro fala em live da visita a Sinop e Sorriso: “lá é a 163”

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, em sua tradicional live semanal, a visita a Sinop e Sorriso nesta 6ª feira pela manhã. A chegada é às 7h, no aeroporto presidente Figueiredo. “Vamos lá bater um papo com os caminhoneiros”. “Lá em Mato Grosso é a 163”, resumiu Bolsonaro, ao adiantar alguns assuntos da pauta que vai tratar com lideranças locais. A cobrança para que o governo federal faça com que a concessionária duplique a rodovia, de Sinop em direção a Cuiabá, é uma das principais reivindicações que será feita ao presidente, começando as obras pelo Nortão sentido capital.

Bolsonaro vai a usina de etanol da Inpasa, e em seguida é prevista solenidade com prefeitos, produtores rurais e demais lideranças. Por volta das 10h, deve ir, de carro, de Sinop a Sorriso (80 km) e constatar o grande movimento diário de carretas com grãos, madeira e demais produtos na ‘pista simples’ e que não tem duplicação (exceto alguns poucos quilômetros nos perímetros urbanos de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum).  Há anos que lideranças cobram obras de duplicação da concessionária, na região, mas ainda não foram feitas.

Bolsonaro será o 7º presidente que estará em Sinop. O primeiro foi o general João Batista Figueiredo esteve em 1980, a convite do colonizador Enio Pipino, e voltou em 1984 para inauguração do asfalto da BR-163. Em 1988, já como ex-presidente retornou para receber o titulo de cidadão sinopense.

Já Itamar Franco esteve em 1994 para inaugurar o linhão transmissão de energia para o Nortão. Em 2001, Fernando Henrique Cardoso esteve em Sinop fazendo o lançamento do Telecomunidade (com instalação de computadores com acesso à unternet em escolas públicas), na articulação feita pelo então governador Dante de Oliveira e o então prefeito Nilson Leitão.

Em 2014, Dilma Rousseff pousou em Sinop e, de helicóptero, foi a Lucas do Rio Verde, onde realizou lançamento da colheita de soja. Michel Temer, em 2017, também passou por Sinop e seguiu a Lucas fazer o lançamento da colheita do algodão e inaugurou uma usina de etanol.

Em Sorriso, ano passado, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, esteve em uma solenidade no agronegócio. Bolsonaro vai lançar, com o governador Mauro Mendes, o plantio da safra da soja 2020/21 em Mato Grosso que tem projeção de 35,2 milhões de toneladas. A área plantada na safra passada foi de 9,5 milhões de hectares e teve aumento de 3,6% em relação a anterior.

 

Só Notícias/Editoria com Luan Cordeiro (foto: reprodução)