quinta-feira, 30/maio/2024
PUBLICIDADE

Atendimento do MT Saúde volta ao normal após o acordo com a rede credenciada

PUBLICIDADE

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração (SAD) e do MT Saúde, fechou um acordo de parcelamento da dívida existente com a rede credenciada de prestadores de serviço. O acordo foi assinado na tarde desta sexta-feira (30) pelos secretários de Estado de Administração, Cesar Zilio, de Fazenda, Edmilson dos Santos, por representantes da Assembleia Legislativa, do Sindicato dos Estabelecimentos de Saúde de Mato Grosso (Sindesmat), da Cooperativa de Médicos do Hospital Santa Rosa e dos sindicatos de diversas categorias de servidores públicos.

"Fizemos diversas discussões, juntamente com a rede credenciada, para se chegar a uma solução para o MT Saúde e hoje chegou o momento de fazermos um acordo", explicou o secretário Cesar Zilio.

Segundo ele, foi dado um desconto de aproximadamente 10% no valor total da dívida, que ficou no valor de R$ 39 milhões e que foi parcelada em sete vezes a serem pagas a partir de abril. "Fizemos este acordo financeiro com a rede credenciada para que a partir do momento que fosse assinado, os atendimentos seriam retomados imediatamente. A Assembleia Legislativa participou das discussões e também assinou o acordo", completou o secretário.

Zilio lembrou que o governador Silval Barbosa tem um compromisso de manter o MT Saúde, que faz parte do programa de políticas públicas em favor do servidor. "Nós queremos que o MT Saúde dê certo, e os sindicatos serão muito bem-vindos para nos ajudar nesse projeto. Se trabalharmos juntos com certeza erraremos menos", concluiu.

O secretário anunciou o resultado da reunião realizada na Assembleia Legislativa, assim como o cronograma de pagamentos a serem feitos à rede credenciada, no fim da tarde desta sexta-feira aos representantes dos sindicatos, que saíram satisfeitos com o resultado apresentado. "Este acordo vem ao encontro do que o Fórum Sindical esperava. Estamos muito felizes com o resultado do acordo, pois está dando uma resposta que era esperada há muito tempo. Temos que parabenizar a equipe que conseguiu este acordo e esperamos que agora o atendimento volte a normalidade, o mais rápido possível", enfatizou o coordenador do Fórum Sindical, José Carlos Calegari, servidor licenciado da Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu).

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Nova Mutum: investimentos em saúde chegam a 30% da arrecadação municipal

O investimento de recursos municipais na saúde foi de...

Guarantã investe R$ 444 mil na compra de mais uma ambulância

A prefeitura de Guarantã do Norte (230 quilômetros de...

Potencial do setor florestal de Mato Grosso é divulgado em feira na França

A comitiva mato-grossense que representa 523 indústrias associadas ao...
PUBLICIDADE