sábado, 13/abril/2024
PUBLICIDADE

Advogado prepara pedido de liberdade para vereador em Sorriso e diretora de TV

PUBLICIDADE

O advogado Ulisses Rabaneda informou, agora há pouco, ao Só Notícias que começou a preparar o pedido de liberdade para o vereador Chagas Abrantes (PR) e sua esposa Filomena Abrantes, diretora da TV Sorriso, presos, nesta sexta-feira de manhã, na Operação Decoro. Chagas é acusado de envolvimento com vereadores Gerson Francio (Jaburu) e Roseane Marques Amorim (PR) no pedido de propina para votar a favor do prefeito Chicão Bedin. O MP acusa Filomena de exigir verba publicitária para a tv e não atacar o prefeito Chicão Bedin na emissora – um dos programas é apresentado por Chagas.

“Estamos analisando o processo, que tem volume considerável para tomar as providências. Não encontramos, pelo menos por hora, nenhum elemento que motivasse a prisão de Chagas e sua esposa. É possível que possamos entrar, na segunda-feira, com pedido da revogação de prisão. Ainda vou decidir se o recurso será apresentado a própria vara que expediu a prisão ou diretamenten no Tribunal de Justiça”, informou. “Vamos avaliar qual a medida de efeito mais rápido. Nem ele nem a esposa oferecem qualquer tipo de obstáculo a continuidade das investigações. Ele (Chagas) não autprizou ninguém a falar em nome dele. Se alguém, eventualmente, falou em nome dele fez por conta própria e será chamado em juízo para se explicar. Chagas tem reputação limpa e sua prisão é um grande engano, não tenho a menor dúvida”, afirmou, ao Só Notícias.

Chagas Abrantes está preso na Polinter, em Cuiabá (onde está também Gerson Francio – Jaburu). “Conversei com ele e me disse que não vai esmorecer na sua luta parlamentar”, acrescentou.

Rabaneda afirmou também que considerou muito grave a decisão da prisão de Filomena Abrantes, que está no presídio feminino. “O que me parece que ocorreu, neste caso, que é muito grave que ela denegria imagem do prefeito. O objetivo da justiça, prendendo-a, é censura prévia, o que é muito grave. A contratação (de publicidade) pelo poder público é uma obrigação que decorre da lei, que impõe ao poder público que contrare empresas de publicidade de acordo com pesquisa, em meios com maior audiência”, defendeu.

A vereadora Roseane Marques também está no presídio feminino onde encontra-se filomena. Conforme Só Notícias já informou, as prisões dos 4 foram requeridas pelo GAECO – Grupo de Combate ao Crime Organizado- e autorizados pelo judiciário.

Jaburu
O advogado Sebastião Monteiro disse, ao Só Notícias, ter sido procurado para defender Gerson Francio (Jaburu) e que está “analisando o processo. É um caso complexo que exige um estudo aprofundado”, declarou. Jaburu é um dos que aparecem em gravações pedindo propina para apoiar o prefeito. Em uma das gravações ele cita que chegou a pedir “R$ 400 mil”, por seu voto, favorável as contas de 2009 da prefeitura. Francio foi relator e exarou parecer contrário. As contas foram reprovadas em plenário e, recentemente, a justiça anulou a decisão da câmara.

A investigação do MP,  até agora, aponta que os 3 vereadores acusados cobraram mas não teriam recebido as propinas e as gravações feitas sobre os pedidos são consideradas legais.

(Atualizada às 18:17h)

 

Leia ainda
Sorriso: MP divulga imagens de vereador pedindo propina
Sorriso: câmara faz sessão extra para decidir providências sobre 3 vereadores presos
Sorriso: ameaças também teriam motivado prisões de 3 vereadores
Sorriso: presidente admite que 3 vereadores presos podem ser punidos
Prisões de vereadores em Sorriso têm repercussão nacional
Sorriso: após prisões de 3 vereadores GAECO aponta que gravações são legais

 

 

 

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE