Polícia

Vítimas reconhecem suposto estuprador em Nova Mutum

Três vítimas de tentativas de estupros ocorridos em Nova Mutum no final do ano passado e no início deste ano reconheceram como autor Cleomar Pinto França, de 24 anos. Ele foi preso no dia 21 de agosto logo após tentar roubar uma jovem no centro da cidade. Cleomar já havia sido reconhecido por uma vítima antes.

O suposto etuprador é condenado a 21 anos em regime fechado por causa de um latrocínio cometido em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, mas ele só cumpriu dois anos e oito meses e fugiu para esta região, onde conseguiu trabalho em uma fazenda. O delegado de Nova Mutum, Delson Moura Lopes, diz que, diante dos casos de tentativas de estupros que ainda estavam sem soluções, solicitou que as vítimas viessem até a delegacia para vê se o reconheciam. “Acabou que três o reconheceram”, disse o delegado.

Ele acrescenta que Cleomar sempre agia de forma semelhante. “As vítimas estavam sempre próximas de veículos, pois era mais fácil empurrá-las para dentro e obrigá-las a ter relações sexuais com ele. Ele também roubava celular e dinheiro”. Leomar continua preso na Cadeia de Nova Mutum a disposição da justiça.