Polícia

Supervisora procura polícia e denuncia agressão por mulher e homem após desentendimento em bar em Sinop

A mulher, de 33 anos, foi agredida em um estabelecimento comercial neste final de semana, em Sinop, após uma desavença. Ontem, ela procurou a delegacia de Polícia Civil para formalizar denúncia contra os acusados e requisitar exame corpo de delito. Vídeos mostrando as agressões sofridas pela denunciante foram gravados por pessoas que estavam no local e divulgados nas redes sociais. É possível ver as duas mulheres no chão. A acusada desfere uma sequência de tapas no rosto da supervisora.

Em determinado momento o homem segura um dos braços da supervisora e aperta sua cabeça contra o asfalto. Uma terceira mulher que também aparece nas imagens, mas não foi citada no documento policial, pisa no braço da denunciante dificultando ainda mais sua defesa.

A mulher contou aos investigadores, na delegacia, que estava no estabelecimento e “sem qualquer justificativa a suspeita lhe agrediu com socos e pontapés, juntamente com um homem”. Relatou ainda que as agressões foram motivadas por ciúmes, já que a denunciada teve um relacionamento com seu ex-marido. A versão apresentada será apurada pelas autoridades policiais.

A supervisora entregou as identificações dos suspeitos à polícia e eles devem ser intimados para prestar esclarecimentos na delegacia. O boletim de ocorrência foi registrado como lesão corporal consumada.

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)