Polícia

Sorriso: advogado é dominado por assaltante armado e obrigado a fazer transferência de R$ 178 mil

A vítima, de 45 anos, foi dominada, ontem, em seu escritório de advocacia por um criminoso armado e obrigada a fazer uma transferência de R$ 178 mil para a conta indicada pelo bandido. Não foi informado se houve violência física. 

O advogado denunciou para a Polícia Civil que atendeu um homem, que chegou no escritório, e disse que precisava dos seus serviços. Ao ser acomodado na sala, sacou uma arma e anunciou o crime. Ele pediu dinheiro e exigiu que acessasse a conta por internet banking.  

A versão do advogado é que ele o obrigou a fazer uma transferência de R$ 178 mil para a conta indicada e que pagasse outras contas. O intuito era não chamar a atenção do banco quanto a transferência.  

No entanto, um representando do banco ligou logo em seguida, para confirmar se não se tratava de golpe. O advogado descreve que o criminoso o obrigou a atender a ligação, no viva voz e, como estava sob a mira de uma arma, foi obrigado a dizer que a operação estava certa.  

Não foi informado se no escritório há câmeras de segurança que possam ter identificado o criminoso. 

Só Notícias/David Murba/Lucas Torres de Sorriso (foto: Só Notícias/arquivo)