Polícia

Sinop: preso suspeito de agredir, violentar e manter esposa em cárcere privado

O pedreiro, de 39 anos, foi preso por policiais civis, esta manhã, após denúncias de estupro e lesão corporal contra a esposa dele, de 48 anos, no imóvel onde moram, no bairro Jardim Imperial.

A mulher relatou para os policiais já vêm sofrendo ameaças de morte do suspeito por dois meses, além de ser frequentemente agredida por socos e pontapés.

Também afirmou que era mantida em cárcere privado, sem qualquer comunicação, e acabou sendo forçada a ter relações sexuais. Com isso, a equipe policial realizou buscas e localizou o acusado trabalhando em uma obra.

Por se recusar a cooperar, foi contido e algemado. Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil e o juiz determinará na audiência de custódia se será ou não levado para penitenciária.

Só Notícias/Guilherme Araújo (foto: assessoria/arquivo)