sexta-feira, 19/abril/2024
PUBLICIDADE

Sinop: PF projeta baixa devolução de armas durante campanha

PUBLICIDADE

A expectativa da Polícia Federal de Sinop é pela devolução de poucas armas durante a campanha do desarmamento, lançada pelo Ministério da Justiça, na sexta-feira (6), no Rio de Janeiro. A delegacia da PF informou, ao Só Notícias, que já emitiu mais de 3,4 mil registros de posse e por estarem dentro da lei, essas pessoas que tem a autorização tendem a não entregar a arma.

Já as pessoas que possuem arma, mas não tem o registro, principais alvo da campanha, acabam resistindo. A justificativa da polícia é que no Norte de Mato Grosso, grande parte reside em locais afastados dos centros urbanos. Elas utilizariam essas armas para se protegerem em eventualidades.

Conforme Só Notícias informou, no lançamento da campanha, cerca de mil armas foram incineradas. Os valores de indenização para quem devolver, variam de R$ 100 a R$ 300, dependendo do tipo de armamento. A novidade neste ano, é que as pessoas não precisarão se identificar. Em campanhas anteriores, Sinop já chegou a receber mais de 100.

Igrejas e organizações não governamentais vão funcionar como postos de coleta de armas, além das delegacias de Polícia Civil, dos batalhões de Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e das unidades das Forças Armadas.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Jovem investigado por estupro de mulher é preso no Nortão

Um jovem, de 18 anos, investigado por estupro ocorrido...

PM forma 509 militares para reforçar efetivo em Mato Grosso

A Polícia Militar de Mato Grosso realizou, ontem, a...

Polícia apreende dinheiro em operação contra o tráfico de drogas em MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especial de...
PUBLICIDADE