Polícia

Sinop: comerciante diz que foi agredida com pedaço de madeira ao ser cobrada

A denunciante, 33 anos, procurou a polícia, ontem, para informar que foi agredida com um pedaço de madeira ao ser cobrada por uma dívida. A mulher disse que recebeu golpes nas pernas e foi empurrada. Não foi informado se precisou de atendimento médico.

A comunicante contou aos investigadores que é proprietária de uma marcenaria e divide barracão com um homem. Segundo a mulher, ele é quem deve para a suspeita. Porém, ao ir no local houve discussão e as agressões.

A suspeita deve ser intimada para prestar esclarecimentos sobre o caso. Não foi informado qual o valor nem sobre o que é referente a dívida que a suspeita foi cobrar.

Só Notícias/David Murba