Polícia

Sinop: acusado de matar esposa depõe, alega legítima defesa e é encaminhado para presídio

O homem, de 39 anos, acusado de matar a facadas Luzinete Soares de Oliveira, 48 anos, na última quarta-feira, no bairro Vila Juliana, se apresentou, esta tarde, na delegacia de Polícia Civil, acompanhando do advogado. Apesar de ter fugido do flagrante, havia mandado de prisão preventiva expedido pela justiça e, por isso, ficou preso.

Em depoimento, o homem alegou “legítima defesa”. O advogado Fernando Brandão, disse, ao Só Notícias, que seu cliente relatou que há meses vinha brigando com a mulher.

A versão apresentada pelo suspeito, segundo o advogado, é que “no dia do crime havia bebido muito, chegou na casa e houve uma discussão. Em determinado momento, a mulher teria tentado bater nele com uma vassoura. Ele caiu e ela teria desferido um golpe de faca na sua perna. Mesmo caído o homem tomou a faca e desferiu diversos golpes na esposa. Ao vê-la sangrando tentou fugir, mas caiu no bairro ao lado (Vila Lobos), onde foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros”.

De acordo com a polícia, a filha do casal também já prestou depoimento. Porém, não foi revelado o conteúdo das declarações.

O acusado foi transferido ao presídio Ferrugem onde aguarda à disposição da justiça.

(Atualizada às 20:48h)