Polícia

Quatro bolivianos e brasileiro morrem em confronto com a polícia em Mato Grosso; 170 kg de cocaína apreendidos

Cinco pessoas morreram após trocarem tiros com policiais do Grupo Estadual de Segurança na Fronteira (Gefron), em uma ação de apreensão de drogas, ontem à noite, em uma área rural nas proximidades da rodovia MT-265, a aproximadamente 70 km de Porto Esperidião (325 quilômetros a Oeste de Cuiabá). Cerca de 170 quilos de cocaína foram apreendidos.

A assessoria informou que, durante a Operação Hórus/VIGIA, que visa o combate aos crimes de fronteira, uma equipe do Gefron realizava patrulhamento rural nas proximidades da rodovia MT-265, sentido Brasil-Bolívia, quando percebeu movimentação vinda de um pasto. Os policiais iluminaram a direção dos ruídos e visualizaram vários indivíduos armados, caminhando rápido pelo pasto, portando nos ombros sacos plásticos com um certo volume. A equipe deu ordem de parada, mas, segundo a assessoria, os suspeitos responderam com disparos de arma de fogo em direção aos policiais, que revidaram.

Posteriormente, após uma varredura no local, foram localizados um indivíduo ferido e um fuzil calibre .30. Enquanto a equipe prestava socorro ao ferido, houve mais disparos contra os integrantes do Gefron, por parte do restante do grupo que havia evadido da abordagem. Novamente, a equipe respondeu aos disparos com tiros na direção dos suspeitos. Após a chegada do apoio de outra equipe do grupamento, foi feita uma nova varredura, que resultou na constatação de mais quatro pessoas feridas.

Ao lado de um deles também foram encontrados um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas e quatro munições intactas e um aparelho telefônico Global Star de marca Iridium Satellite llc, modelo 9555. Os cincos suspeitos, quatro de nacionalidade boliviana e um brasileiro, foram socorridos de imediato e levados para o Pronto Atendimento de Porto Esperidião, onde foram atendidos pelo médico de plantão. Porém, eles não resistiram aos ferimentos.

Os policiais localizaram, ainda, vários sacos de substância aparentando ser cocaína que, após a contagem, somaram 166 invólucros de cocaína. Também no local foram encontradas oito mochilas contendo gêneros alimentícios, garrafas de água e roupas pessoais.

O Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres, para providências que o caso requer. De acordo com a assessoria, o prejuízo estimado ao crime com a ação foi de R$ 3 milhões, entre drogas, armas e munições apreendidas.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)